Notícia

Vida divulga o Estado de Greve na Caixa e tentativa do banco de combater a mobilização

Vida divulga o Estado de Greve na Caixa e tentativa do banco de combater a mobilização
terça-feira, 27/04/2021

A decretação do Estado de Greve e a aprovação da paralisação de 24 horas nesta terça-feira (27/04), nas Assembleias dos empregados da Caixa Econômica Federal do último dia 22, são destaques na Capa da edição digital do Vida Bancária desta semana.

O jornal informa que, de forma arbitrária, característica da gestão de Pedro Guimarães, a direção do banco conseguiu liminar junto ao TST (Tribunal Superior do Trabalho), na madrugada desta terça-feira (27), determinando a manutenção de 60% dos empregados em atividade durante todo o período de greve. A Contraf-CUT contra-atacou e exige que a direção da Caixa faça o mesmo, garantindo o direito constitucional dos 40% de paralisarem suas atividades.

“Temos uma série de pendências para debater com a direção da Caixa, mas atual gestão vem tratando as negociações permanentes com descaso, da mesma forma como não valoriza o trabalho dos empregados para dar conta do pagamento do Auxílio Emergencial e diversos outros benefícios sociais a milhões de brasileiros durante a pandemia de Covid-19”, critica o presidente do Sindicato de Londrina, Felipe Pacheco.

Clique aqui para baixar o jornal.

Na pág. 2, o Vida também noticia o pagamento da Promoção por Mérito aos empregados da Caixa até o dia 30/04, graças à cobrança feita pela CEE, que também solicitou à direção do banco a apresentação das minutas dos Acordos sobre o teletrabalho e o Banco de Horas.

Adotando a mesma postura da Caixa, o Banco do Brasil ainda não atendeu aos apelos da CEBB (Comissão de Empresa dos Funcionários) para discutir propostas de redução dos impactos da reestruturação nas vidas dos funcionários. No dia 19/04, a CEBB enviou ofício ao novo presidente do banco, Fausto Ribeiro, solicitando a abertura de diálogo.

Vacina da gripe H1N1

Na pág. 3 esta edição o jornal traz um resumo dos calendários de vacinação contra a gripe H1N1. Com exceção da Caixa, todos os demais grandes bancos já atenderam ao pedido da Contraf-CUT e iniciaram os processos de imunização dos funcionários e dependentes.

Leia ainda sobre a reunião do Itaú com a COE (Comissão de Organização dos Empregados), realizada dia 15/04, para discutir reivindicações sobre a suspensão do Programa GERA e das demissões.

Panela Cheia

A manchete da pág. 4 é a participação do Coletivo de Sindicatos de Londrina na campanha “Sindicatos contra a Fome”, que faz parte do projeto “Panela Cheia”, organizado pela CUFA (Central Única das Favelas). A intenção das entidades sindicais é envolver suas categorias nesta corrente de solidariedade para auxiliar pessoas vulneráveis durante a pandemia do novo coronavírus.

Saiba também como será a celebração do 1º de Maio Unitário das Centrais Sindicais e as posses dos integrantes das novas gestões dos Sindicatos de Apucarana e de Londrina.

Por Armando Duarte Jr.