Pular para o conteúdo Vá para o rodapé

Apucarana: Sindicato cobra portas abertas no Bradesco

O lançamento da campanha #AVergonhaContinuaBradesco foi feito na base do Sindicato de Apucarana nesta quarta-feira (31/05), com manifestação em frente à agência 0047.

Com faixas e material informativo, dirigentes do Sindicato denunciaram o processo de fechamento de agências e de demissões de funcionários, que resultou em maior tempo de espera nas filas e dificuldades para os clientes realizarem suas operações bancárias.

Segundo o presidente do Sindicato de Apucarana, Damião Rodrigues, o Bradesco encerrou as atividades de 93 agências e de 174 unidades de negócios em apenas 12 meses, ao mesmo tempo em que aumentou em 1,9 milhão o número de clientes. “Essa nova reestruturação no banco aumentou a sobrecarga de serviços para dos poucos funcionários que estão nas agências e eles não conseguem suprir a demanda de clientes, gerando não só demora no atendimento, mas também muitas reclamações. Estamos lutando para reverter esse cenário es continuaremos cobrando e exigindo que o Bradesco permaneça de portas abertas para os clientes, além de condições de trabalho para os funcionários”, ressalta Damião.

A diretora do Sindicato de Apucarana, Rose Zanin, explica os motivos do protesto aos clientes do Bradesco

Por Armando Duarte Jr.

Deixe um comentário

0/100

the Kick-ass Multipurpose WordPress Theme

© 2024 Kicker. All Rights Reserved.

Sign Up to Our Newsletter

Be the first to know the latest updates

[yikes-mailchimp form="1"]