Pular para o conteúdo Vá para o rodapé

Evento no Sindicato de Londrina debate saúde mental no trabalho

O psiquiatra Marcelo Kimatti, coordenador do Programa de Saúde Mental e Trabalho na Fundacentro (Fundação Jorge Duprat Figueiredo, de Segurança e Medicina do Trabalho), participou de um debate nesta sexta-feira (10/11), no Auditório Joaquim Borges Pinto, do Sindicato de Londrina.

Ele falou na noite de quinta-feira (9/11) na abertura do II Encontro Regional de Assistência Social, Idoso e Saúde, promovido pelas secretarias de Assistência Social, do Idoso e de Saúde da Prefeitura de Londrina. O evento está sendo realizado na UNICESUAR termina nesta sexta.

O debate foi articulado pelo Coletivo de Sindicatos de Londrina e a vereadora Lenir de Assis (PT). Participaram da mesa, além de Marcelo Kimati e de Lenir, o secretário de Formação do Sindicato de Londrina, Laurito Porto de Lira Filho, e a professora de Artes e secretária de Política Sindical do Núcleo da APP Sindicato, Luciana Toshie Sumigawa. A ex-ministra de Assistência Social e docente da UEL (Universidade Estadual de Londrina), Márcia Lopes, também esteve presente no evento, além de representantes de diversas categorias profissionais.

No evento do Sindicato de Londrina, Marcelo falou sobre a necessidade de se ter uma atuação conjunta entre os órgãos públicos para reverter o atual cenário de saúde mental na perspectiva do trabalho e de se estabelecer uma política de saúde do trabalhador. De acordo com ele, apesar do aumento das doenças mentais, em especial no período da pandemia, nos últimos anos os recursos destinados para a área foram reduzidos e no ano passado foi o pior período de todos. “A nossa política em saúde mental evoluiu até meados dos anos 2000, e depois estagnou por falta de recursos, ano passado foi o pior momento em valores do orçamento para a saúde mental. O que diminuiu a capacidade de assistir as pessoas em relação aos transtornos mentais, saúde mental e trabalho. O grande problema hoje é o acesso, porque temos ofertado pouco, ao mesmo tempo em que tem aumentado muito a medicalização e deixado de ofertar ações de promoção em saúde, o olhar das questões complexas que provocam doenças mentais, como o racismo. Pois exigem um esforço maior para atender”, apontou.

Para Marcelo Kimatti, é preciso que haja uma intervenção no ambiente de trabalho através de políticas públicas e que sejam investigadas as causas de sofrimento mental para buscar o que deve ser mudado. Os trabalhadores têm que dizer o que eles sofrem. A partir daí poderemos construir estratégias para organizar políticas públicas”, disse. O psiquiatra também acredita ser necessário que os Sindicatos sistematizem dados e indicadores para subsidiar a atuação das áreas do serviço público responsáveis para saúde do trabalhador e da trabalhadora.

O presidente do Sindicato de Londrina, Felipe Pacheco, saudou participantes do evento
Evento teve a presença de dirigentes de diversas entidades sindicais preocupadas com a questão da saúde mental

O diretor do Sindicato de Londrina, Laurito Porto de Lira Filho, acredita que o alerta feito pelo psiquiatra é válido, porque diversas categorias e até mesmo os chamados profissionais liberais sofrem atualmente com doenças mentais devido ao ritmo de trabalho acelerado, cobrança por metas e corte na remuneração, entre outros fatores. “Por isso, os Sindicatos têm que firmar parcerias com a Fundacentro e estar em contato direto com as áreas voltadas para a saúde do trabalhador no sentido de repassar informações sobre o que está afetando sua categoria, o que eles estão sofrendo e outros dados necessários para que sejam adotadas políticas públicas para reduzir o sofrimento. O Dr. Marcelo contribuiu muito com informações para que possamos desenvolver ações neste sentido e também cobrar dos governos Federal, estaduais e municipais estratégias para conter o crescimento de casos de doenças mentais na Classe Trabalhadora”, avalia Laurito.

Por Armando Duarte Jr.

Deixe um comentário

0/100

the Kick-ass Multipurpose WordPress Theme

© 2024 Kicker. All Rights Reserved.

Sign Up to Our Newsletter

Be the first to know the latest updates

[yikes-mailchimp form="1"]